+55 (043) 3252-1760
·
atendimento@fonsattifranzin.com.br
·
Seg - Sex 08:00-18:00
Contate-nos

DIA DA SOBRECARGA – A FORMA COMO VIVEMOS DEIXA MARCAS NO MEIO AMBIENTE

No dia 29 de julho de 2019 a humanidade terrestre terminou com o estoque de recursos naturais para o ano inteiro. Essa data é chamada Dia da Sobrecarga (Overshoot Day), calculada anualmente pela organização não governamental Global Footprint Network (GFN) desde 1986. Em 1993, ocorreu em 21 de outubro; em 2003, em 22 de setembro; e em 2017, 2 de agosto.

O fato do Dia da Sobrecarga ter chegado mais cedo esse ano significa que a humanidade entrou em uma espécie de crédito negativo em relação aos recursos ecológicos do planeta, como água, terra e ar limpo. Em outras palavras, a demanda anual da humanidade em relação à natureza ultrapassou a capacidade de renovação dos ecossistemas da Terra neste ano.

A organização Global Footprint Network diz que a sobrecarga está se tornando cada vez mais evidente com o desmatamento, a perda de biodiversidade, a erosão dos solos e o aumento do dióxido de carbono na atmosfera, fazendo com que a frequência de fenômenos climáticos extremos e variações climáticas aumentem.

Para calcular o Dia da Sobrecarga, a GFN utiliza a metodologia de contabilidade da Pegada Ecológica, que avalia a pressão de consumo das populações humanas sobre os recursos naturais. São contabilizados os recursos naturais biológicos renováveis, absorção de emissões de carbono da queima de combustíveis fósseis, além de construções, estradas e demais infraestruturas.

Para mudar essa situação, pequenas ações e mudanças de hábitos, como, por exemplo, não desperdiçar alimentos, não jogar lixo no meio ambiente, reaproveitara água da chuva, aproveitar a luz solar.

Como você irá fazer a sua parte dentro desse cenário?


Heitor Fonsatti

Related Posts

Leave a Reply

Posso ajudar?